quinta-feira, 21 de junho de 2012

CHOCOLATE

CHOCOLATE

E mais se disse:…, estes quadradinhos de chocolate, os teus pais não os vão lamber e tragar; são para ti, meu amor. Mas haverá o seu tempo, de os lamber e chupar.

“Então porque mos dás, meu maluco?”, disse ela. “Não sabes que já tenho nervo doce, meu amigo?!”, retorquindo. E foi dito: “Sou um rico maluco, contudo não ouvirei o som dos teus Orgasmos; mas promete-me, meu encanto, que no momento das tuas masturbações, diria nas vibrações orgásticas, porta do quarto bem trancada, música aos berros, e saberás então esparramar-te na cama, enquanto chuparás um dos tais quadradinhos de chocolate, meu amor. E será doce, o teu climax!”.



V. L.

Sem comentários:

Publicar um comentário