quarta-feira, 22 de agosto de 2012

MAIS UM ANO


MAIS UM ANO

O ciclo continua
Vai terminar
Como as fases da lua
Estão para ficar.

Início de uma vida
Etapas a vencer
Abrigo e partida
Romance para viver.

Solidão tu me confortas
Nunca me deixes só
Vê lá como te portas
Me dizia a minha avó.

Que saudades tenho eu
Da minha infância feliz
Tudo isso não morreu
Ficou preso tem raiz.

Mais um ano assim passou
Tanta coisa para acabar
O relógio contou
O tempo que vai ficar. 

João Pessanha
21/07/2012

Sem comentários:

Publicar um comentário