terça-feira, 25 de outubro de 2011

O MEU CANTO


O MEU CANTO
            
Um lugar especial
Reservo para mim
Todo ele confidencial
Esse lugar Meu Jardim

Jardim essência da vida
Do sonho à realidade
O meu canto força vivida
Num hino à vida e à saudade.

Num sussurrar ouve-se o vento
O meu canto fica audível
Prelúdio desse momento
Sublime inatingível.

O meu canto me acalma
Recanto minha aventura
No canto se eleva a alma
Sensível imaculada e pura

Te canto ó meu país
O meu canto tem amor
No meu canto sou feliz
O meu canto é louvor

                  João Pessanha
12/09/11

Sem comentários:

Publicar um comentário