quarta-feira, 20 de julho de 2011

A EQUAÇÃO DE DRAXE

A EQUAÇÃO DE DRAXE
 (Numa exposição de Ilda David’)

Entre duas águas
(entre H e HO)
corre uma água só
transportando a equação do mundo
até ao mais fundo
sítio do coração,
onde se torna vida o mundo
e a água respiração.

Vinda do mundo,
corre para dentro a vida da pintura,
entre tempo e tempo,
líquida e pura.
Volta-se uma última vez para trás,
e a única coisa que dela vês
é o seu olhar olhando-
-te e desprendendo-se de ti.

                             Manuel António Pina
                             in “ Nenhuma Palavra, Nenhuma Lembrança”
                                      Lido por Ana Maria

Sem comentários:

Publicar um comentário