sábado, 23 de julho de 2011

Poema de homenagem a Manuel António Pina


Particularmente, neste dia
eu sinto-me lisonjeado
por estar presente, nesta galeria
tão nobre e ilustre convidado.

Nunca fora um almocreve
de políticos, ou governantes
e tudo aquilo que escreve
são temas sérios e relevantes

Poeta, cronista e prosador
de substrato literário elevado
foi por mérito o justo vencedor
do prémio, com que foi  agraciado.

Este nobre e ilustre convidado
é  um homem de plenas convicções
e é um privilégio ter aqui sentado
MANUEL ANTÒNIO PINA
galardoado ,com o Prémio Camões....
Um abraço deste seu simples amigo.

Kim Berlusa

Sem comentários:

Publicar um comentário