sexta-feira, 29 de julho de 2011

PALCO


PALCO

Quando surjo no palco da vida,
o espectador fica expectante,
não sabe se sou actor principal,
palhaço ou figurante!


Quando rio não faço rir,
quando choro não me levam a sério,
não sabem se sou tenor
ou menino de coro!

A vida é um palco.
o resto é maquilhagem,
com muito,
muito pó de talco!

Nem sempre um fidalgo,
-com muito pó de talco-
que vai em rica carruagem
iguala do cavalo a linhagem!

A vida é um palco,
com muito,
muito pó de talco!

Silvino Taveira Machado Figueiredo

Sem comentários:

Publicar um comentário