terça-feira, 28 de junho de 2011

CANTOCHÃO



CANTOCHÃO
a partir de um verso de  Marina Tsvetáieva

Livrai-nos senhor
da pedra no sapato
da espinha na garganta
da dor de dentes
e daqueles que ora mordem

como ratos ora afiam
as línguas de serpentes
: daqueles que te rezam
orações e debitam
prosápias de sandeus

: livrai-nos senhor
de tais bravatas pois
todos os poetas são judeus
: livrai-nos senhor
das pesporrências

tanto verbo-de-encher
tanto sermão: livrai-nos
das pardas eminências
: perdoai senhor
o cantochão.
      
Domingos da Mota

Sem comentários:

Publicar um comentário